Estranho Íntimo

Eu acordei com muita preguiça naquele dia, o que não se difere dos outros. Olhei pela pequena abertura da janela e percebi que o sol estava brilhando e resolvi levantar. Quando olho pela janela me assusto com aquela pessoa que vejo em minha frente. O rosto me era muito familiar, mas eu não me lembrava de onde o reconhecia. Comprimentei com um bom dia e na mesma hora e com a mesma intensidade, esse outro ser respondeu o bom dia de volta.
Estranho como ele me olhava fixamente e de um jeito constrangedor repetia todos os movimentos que eu fazia. Estranhei e pensei: Essa pessoa está precisando é se cuidar mais. Olha o tamanho do cabelo, olha a barba grande. E que olhar perdido é esse? Bom, deixei para lá, fechei meus olhos, espreguiçei, estiquei todo corpo e depois disso acordei de verdade.
Olhei novamente e foi nesse momento que eu percebi que não estava olhando pela janela, mas estava me vendo no espelho.

~ por Artur Leite em maio 21, 2010.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: